Blog
Selenotopografia

Vaz Tolentino

Cratera Billy

Diâmetro: 46 Km
Profundidade: 1,3 Km
Coordenadas Selenográficas: Lat: 13° 48′ 00″ S, Lon: 50° 06′ 00″ W.
Período Geológico Lunar: Ímbrico (Imbrian), 3,85 bilhões até cerca de 3,2 bilhões de anos atrás.
Melhor período de observação: 4 dias após o quarto-crescente ou 3 dias após o quarto-minguante.

Quem foi Billy?

Jacques de Billy (1602 – 1679) foi um jesuíta e matemático francês.

Billy é uma cratera de impacto localizada no quadrante sudoeste lunar, próxima das crateras Hansteen e Letronne. Apesar de Billy parecer ter formato um pouco elíptico (por causa de sua posição próxima ao limbo sudoeste), na realidade ela é bem circular.

O interior de Billy foi inundado por lava basáltica, criando uma tonalidade escura (baixo albedo) e deixando a superfície do piso interno muito lisa e plana, com a presença de 2 ou 3 diminutas crateras, com diâmetros na faixa dos 2 a 3 Km. As paredes de seu aro elevam-se por cerca de 650m (em média) acima da superfície externa circundante.

Próximo à cratera Billy Y, no seu lado norte, está localizado Mons Hansteen, uma montanha de base triangular, com 25 Km de cada lado, que se eleva em torno de 900 m por sobre a superfície circundante.

Billy faz um belo par com a cratera Hansteen (diâmetro: 45 Km, profundidade: 1,3 Km), localizada cerca de 41 Km a noroeste. ■

Atlas e Hercules
Composição mostrando o perfil altimétrico da cratera Billy e a localização da foto apresentada na Lua cheia. A cratera Billy com sua vizinha Hansteen e Mons Hansteen de formato triangular, também são mostrados. Foto de Vaz Tolentino em ‎21‎ de ‎maio‎ de ‎2013, ‏‎22:43:14. Clique na imagem para ampliar.

 

Crateras Atlas e Hércules
Monitorando a mancha solar AR 2533