Blog
Almanaque

Alexandre Cherman

Poesia numa hora dessas?

O grande escritor Luis Fernando Verissimo tem uma série semi-regular em sua coluna em O Globo que dá o nome a esse post. Assim, do nada, o grande Verissimo nos brinda com um poema, ora engraçado, ora profundo, mas sempre relevante.

Uma vez que já confessei que estamos em um interstício, por que não uma poesia a essa hora?

A que segue tem uma origem curiosa (que explica, também, porque está escrita em inglês). Um belo dia, do passado muito recente, recebi através do Facebook votos de um Feliz Natal, mandados por uma amiga italiana, que trabalha no Planetário de Perugia.

Como ela mandou a mensagem para uma lista um pouco extensa, e altamente internacional, as respostas não tardaram a chegar. Vinham dos EUA, do Japão, da Espanha, do Egito, do Brasil, da Austrália…

Demorou um pouco, mas finalmente eu percebi um detalhe: quase ninguém ali comemoraria o Natal ao mesmo tempo. Espalhados pelo globo, cada um em seu fuso horário, dividíamos um sentimento, mas não um instante.

E assim surgiu este meu poema, uma brincadeira entre amigos, escrito diretamente no corpo da mensagem, sem título mesmo… Para minha felicidade, recebi alguns elogios, repliquei na minha timeline e mais elogios vieram. Então por que não oferecê-lo aqui? Não em busca de mais elogios (seriam bem-vindos, sem dúvida), mas sempre no espírito de divulgar a Ciência de formas e formatos diferentes.

Com vocês, “The Night Before Christmas. Or Not.” (o título que inventei depois…)

It was the Night Before X-mas,
But not for all Men.
For the World was divided
In slices of “When”

They are called Time Zones
And are used to keep track
Of Time here and there
Left, right, front and back

So it was the Night Before X-Mas,
But only in the East.
For those in the West
There still was no feast.

But wait! Don’t be sad!
Since the Earth does rotate.
Midnights abound,
And that’s what’s so great!

Everybody gets X-Mas,
And not just a few.
In the East, when it’s over.
In the West, it’s on still
. ■

 

Enquanto o novo ano não vem...
Traduções